Classe Farmacêutica

A Classe Farmacêutica surgiu em 1885 por iniciativa espontânea de um grupo de farmacêuticos de Braga preocupados com as diferenças de preços praticadas.


O seu objetivo era o estabelecimento de um acordo formalizado em escritura para cumprimento de um regimento de preços das especialidades farmacêuticas. Nesse acordo estavam previstas penas para os farmacêuticos infratores. Foi seu presidente António Domingues Alvim que viria a ser presidente da União dos Farmacêuticos do Distrito de Braga em 1902.