Associação dos Farmacêuticos do Centro de Portugal

Esta associação foi constituída em 1924 em Coimbra, sendo Victor da Silva Feitor o seu primeiro presidente. Em 1933 contava com 160 sócios.


Os seus Estatutos definiam como finalidades:

“(...) pugnar pelo engrandecimento moral da classe farmacêutica e fomentar por todos os meios o progresso scientifico, económico e profissional da mesma classe, procurando:


1º Reprimir energicamente o exercício ilegal da farmácia;
2º Contribuir por todos os meios legais para o bom crédito e dignidade dos seus sócios;

3º Promover a difusão dos conhecimentos farmacêuticos por meio de conferências, publicações, etc.;
4º Proporcionar na Sede da Associação, instrução e recreio aos seus associados;
5º Socorrer do cofre da Associação quando as circunstâncias o permitam, os sócios, viúvas e filhos dos mesmos que no futuro disso careçam.”